19 dez

Atenção, empresas! É o fim do boleto sem registro.

Visando dar maior segurança contra fraudes, tornar mais seguro e ágil o sistema nacional de liquidação de títulos, a Febraban (Federação Brasileira de Bancos) juntamente com a rede bancária, iniciaram em 2015 a implementação do projeto de uma nova plataforma de pagamentos para boletos de cobrança registrada, e anunciou que em 01/01/2017 a cobrança simples será descontinuada.

A migração para a nova plataforma está ocorrendo gradativamente, obedecendo o seguinte cronograma:

Junho de 2015 – Fim da oferta da cobrança sem registros para novos clientes

Agosto de 2015 – Início da operação da base centralizadora de benefícios

Dezembro de 2016 – Término da migração das carteiras de cobrança sem registro para a modalidade registrada

Janeiro de 2017 – Início da operação da base centralizadora de títulos

Para que um boleto seja registrado, deverá constar, obrigatoriamente, no documento de cobrança e no registro bancário pela internet, o CPF ou CNPJ do pagador (sacado).

Os boletos sem registro emitidos após 2017 só poderão ser pagos no banco emissor, mesmo antes da data de vencimento.

É muito importante que as empresas busquem adequar a sua forma de emissão de boletos à esta nova realidade e assim evitar prejuízos e transtornos aos seus clientes.

Em caso de dúvidas, consulte este guia: Fim do boleto sem registro – Perguntas e Respostas

 

Fábio Cunha

Datamex

Share this

© 2014 DevOpers. Todos direitos Reservados.